Voltar à Home do Blog

Big Data: três dicas para otimizar a análise de dados

Criar um modelo de análise, gerar amostragens e mudar o modelo mental, além de estabelecer novos processos, são fundamentais para a tecnologia virar um diferencial

Big Data é um daqueles temas que está sempre no radar dos profissionais de Tecnologia da Informação e também dos gestores. Muito mais do que um imenso volume de dados empresariais, seu valor está na capacidade de análise, correlacionando informações que, em um primeiro momento, podem parecer opostas. Por isso, há uma grande importância em não só armazenar os dados, mas avaliá-los em prol da empresa.

Com a Internet das Coisas, torna-se mais simples obter e armazenar informações trocadas entre máquinas, que podem ser fundamentais para incrementar o desempenho de um negócio.

Quer avaliar grandes volumes de dados com precisão e segurança? Conheça os diferenciais do Sage X3.

Criando um modelo de análise

De certa forma, uma solução de gestão e o uso do Big Data são semelhantes: pode-se investir nas tecnologias necessárias, mas eles dependem de uma mudança dos processos empresariais, da criação e da maneira como se pensa o projeto. Há 20 anos, por exemplo, muitos negócios precisavam presumir resultados, visto que era praticamente impossível obter informações sobre produtividade, uso de estoque, entre tantas outras métricas (KPIs), que podem ser usadas.

No entanto, nos dias de hoje, esse raciocínio não é mais válido. É possível trabalhar com os dados brutos, com informações por amostragem e, aos poucos, aprimorar esses modelos até que se tornem precisos o suficiente para analisar a performance.

Da intuição para os dados

Esse tipo de processo empresarial requer também uma modificação na forma de pensar e compreender o negócio por parte dos gestores. Se, antes, um responsável tinha sua intuição e percepção como diferenciais, agora a sua capacidade analítica de interpretar dados, pensar em informações que não necessariamente conversam entre si e compreender o que dizem esses dados viram diferenciais.

A intuição – baseada no conhecimento e experiência – vai contribuir decisivamente para entender os problemas da empresa dentro de um processo específico, pois os grandes volumes de dados à disposição vão facilitar o processo de diagnóstico e, sobretudo, a busca por uma solução.

A importância da amostragem

Assim como em uma pesquisa (acadêmica ou de opinião), quanto maior a amostragem, mais representativa será a análise – no mundo ideal, trabalha-se com todos os dados, mas nem sempre isso é possível. Avaliar todos os dados pode se tornar uma tarefa complexa, lenta e árdua, por isso a escolha pela amostragem pode não só simplificar o trabalho – aumentando a velocidade de análise empresarial –, mas, simultaneamente, torná-lo mais efetivo.

Com uma base de dados menor, as correlações passam a acontecer, fazendo com que o gestor perceba novas tendências e, a partir desse momento, estabeleça novas segmentações levando em conta oportunidades e raciocínios que não fariam sentido em um primeiro momento. Ou seja, a tecnologia se torna um diferencial para o seu negócio.

Guest Blogger

Our "Guest Bloggers" come from a variety of backgrounds and companies. They can be Sage people, Sage Business Partners, Independent Software Vendors, Thought Leaders or Analysts, that have valuable knowledge, expertise and experience on a variety of different subjects and topics.

Matérias relacionadas

31 outubro, 2016 por Guest Blogger

Cross Docking ou Dropshipping?

Conheça as diferenças entre os dois modelos de logística para a entrega de produtos Recentemente, o blog Sage X3 mostrou que o transporte representa cerca de 60% dos gastos logísticos empresariais. No entanto, a armazenagem e a distribuição podem se …

4 maio, 2017 por Isabella Escobar

Receita da Sage cresce 23% no Brasil e impulsiona resultados do 1º semestre

Divulgado mundialmente nesta quarta-feira (3), balanço da companhia para a primeira metade do ano fiscal pavimenta um ritmo de crescimento intenso também no segundo semestre   A Sage, líder em sistemas para pequenas e médias empresas, acaba de anunciar os …

3 janeiro, 2018 por Guest Blogger

Por que você deveria priorizar a experiência do usuário em compras de tecnologia

Os líderes empresariais de hoje têm uma lista cada vez maior de recursos de tecnologia para escolher, entre aplicativos baseados em nuvem e sistemas de análise e computação remota. Saber quais deles valem o investimento – e quais devem ser …

Product Tour Virtual

Preencha a informação e veja como personalizar o Sage X3 para trabalhar do seu jeito.

Não saia ainda.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique informado.