Voltar à Home do Blog

Brasil tem 3,7 milhões de CNPJs zumbis

Estudo realizado pela Endeavor mapeou a influência da burocracia no ciclo de vida das empresas, incluindo o momento de encerrar uma companhia

Uma pesquisa realizada pela Endeavor “Burocracia no Ciclo de Vida das Empresas” mostrou o trabalho realizado por empreendedores para ter sucesso em uma tarefa inesperada: o fechamento de companhias. Segundo dados da Neoway presentes no estudo, existem no Brasil 20,5 milhões de CNPJs com algum nível de atividade. Desse total, 18% ou 3,7 milhões são considerados ativos, mas não estão de fato operando em razão de um índice de atividade baixo.

A explicação, segundo a pesquisa, está em outro número: 86% das empresas do país têm alguma irregularidade com o fisco. Há alguns setores, como o comércio, indústrias e serviços, que apresentam um índice superior ao desses 86%: 96%, 91% e 92%. Chama atenção que até mesmo escritórios de contabilidade não estão totalmente em dia com o fisco.

Gerir impostos já foi apontado como uma das principais dificuldades dos brasileiros, mas acompanhar a lei pode ser extremamente caro, podendo custar até R$ 50 bilhões ao ano.

Por que os CNPJs não são fechados?

Ao ter alguma pendência com um órgão, seja ele federal, estadual ou municipal, as companhias precisam quitar esses débitos para, de fato, serem consideradas fechadas pelo fisco. O fato é que menos de 3% das companhias que estão com um nível de atividade baixo ou muito baixo são consideradas totalmente regulares do ponto de vista tributário. Portanto, a burocracia surge como um verdadeiro vilão até mesmo no momento de fechar empresas.

A pesquisa indica que as dificuldades para ter sucesso na hora do encerramento apresentam consequências negativas para a economia como um todo. “O dinamismo do ciclo de vida das empresas gera ganhos de produtividade para a economia, sendo importante para a inovação”, diz trecho do estudo.

“As distorções burocráticas podem criar amarras para o fluxo de abertura e fechamento de empresas, reduzindo a produtividade da economia. Podem, também, empurrar empreendedores para a informalidade, como uma reação daqueles que se sentem sobrecarregados pelo Estado”, continua a pesquisa.

Entretanto, não se trata de apenas culpar a burocracia e o governo pelas dificuldades enfrentadas pelos empreendedores e empresários brasileiros, mas de identificar que mesmo as empresas mais robustas têm dificuldades em gerir impostos e estar em conformidade com as diferentes exigências previstas pela legislação. Ao criar a necessidade de contratar profissionais especializados, o processo de fechamento se torna ainda mais custoso.

Guest Blogger

Our "Guest Bloggers" come from a variety of backgrounds and companies. They can be Sage people, Sage Business Partners, Independent Software Vendors, Thought Leaders or Analysts, that have valuable knowledge, expertise and experience on a variety of different subjects and topics.

Matérias relacionadas

3 março, 2017 por Guest Blogger

Drones, uma tendência em distribuição

Amazon aposta nos equipamentos para realizar entregas rápidas e leves (até 2,5 kg); ideia começou a se difundir pelo mundo A Amazon está fazendo uma experiência, desde 2013, que pode revolucionar os métodos de distribuição em todo o mundo. O …

21 março, 2018 por Guest Blogger

5 coisas que você deve fazer ao abordar novos clientes

“A primeira impressão é que fica”, diz o ditado. De fato, quando se trata de abordar um novo cliente, muito disso é verdade. Às vezes, de forma inconsciente, criamos barreiras ou usamos modelos prontos na hora do atendimento que acabam …

24 fevereiro, 2017 por Guest Blogger

Os impactos da Indústria 4.0

Consultoras estimam que as tecnologias relacionadas à quarta revolução industrial podem injetar quase US$ 40 bilhões no PIB do Brasil até 2030 A Indústria 4.0 promete gerar diversos impactos na indústria, sendo uma das principais frentes tecnológicas vistas como prioritárias …

Product Tour Virtual

Preencha a informação e veja como personalizar o Sage X3 para trabalhar do seu jeito.

Não saia ainda.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique informado.