Voltar à Home do Blog

5 coisas que você deve fazer ao abordar novos clientes

“A primeira impressão é que fica”, diz o ditado. De fato, quando se trata de abordar um novo cliente, muito disso é verdade. Às vezes, de forma inconsciente, criamos barreiras ou usamos modelos prontos na hora do atendimento que acabam resultando muito mais em desinteresse por parte do cliente do que em uma nova venda. Por isso, refletir por um instante com relação a como abordar novos clientes é uma estratégia importante para o seu negócio.

Claro, cada pessoa é única e cada negócio tem as suas características peculiares. Alguns reagem de um jeito, enquanto outros reagem completamente diferente aos mesmos estímulos. No entanto, existem alguns conselhos gerais que podem ser observados e, via de regra, têm muito mais chances de fazer com que a sua abordagem seja bem-sucedida na maioria das vezes.

Evite palavras negativas

Pode não parecer, mas palavras importam muito. Existe uma grande diferença entre abordar alguém dizendo apenas “olá” ou dizendo “bom dia, tudo bem?”. No primeiro caso, ainda que de forma inconsciente, você está apenas cumprimentando alguém e seguindo uma mera formalidade. Já no segundo, além de desejar um bom dia, sua pergunta demonstra interesse no sentimento do outro.

É justamente por isso que você deve evitar palavras negativas. Ao dizer um simples “pois não”, por exemplo, note que é a palavra “não” que fica em evidência no seu primeiro contato com o cliente. Tenha em mente que tudo aquilo que você disser, de uma forma ou de outra, estará sempre sujeito à interpretação do seu interlocutor. Portanto, garanta maiores chances de sucesso.

Você é um ajudante, não um vendedor

Pense da seguinte forma: qual é a diferença entre comprar um smartphone pela internet ou pessoalmente em uma loja? No site, você vai encontrar todas as especificações técnicas e vai poder até mesmo comparar os preços em diversas lojas. Já na presença de um vendedor, esses recursos ficam em segundo plano.

Então, por que o vendedor é tão importante? Simples: porque você está ali não apenas para vender, “empurrar” um produto, mas sim para ser a pessoa que vai esclarecer todas as dúvidas do cliente. Olhe-se primeiramente como um ajudante de clientes e não como um simples vendedor. Quem coloca o pensamento de “vender acima de tudo” geralmente entrega produtos desnecessários ou não adaptados para os seus consumidores, efetuando menos vendas no longo prazo.

Dê tempo livre ao consumidor

Abordar um cliente, desejar um “bom dia” e se colocar à disposição são gestos fundamentais de um bom vendedor. Estar por perto assim que for chamado também. No entanto, muitos confundem o “estar por perto” com “seguir o cliente pela loja”. Não é bem assim que você deve proceder, o cliente precisa respirar.

Sim, sabemos que há uma linha muito tênue entre ser solícito e ser incômodo, mas você precisa observar as reações do seu cliente e não seguir um roteiro pré-estabelecido com todos eles. Deixe o cliente caminhar pela loja, observar as mercadorias sem ser incomodado e testar os produtos com tranquilidade. O importante é que ele se sinta à vontade, e não pressionado a ser rápido na sua decisão.

Seja otimista e sorria

Todos nós somos seres humanos e temos os nossos problemas pessoais. Em certos dias, sair da cama parece quase impossível e mesmo no trabalho o dia custa a passar. Apesar de tudo isso ser compreensível, você vai precisar fazer o maior esforço que puder para que o seu cliente não perceba isso. Você deve receber os visitantes sempre com um sorriso.

Sempre tenha em mente que o cliente não tem relação alguma com os seus problemas e procure separar as coisas. No momento do atendimento, portanto, foque apenas naquilo que está fazendo naquele momento. Você está ali para ajudá-lo a encontrar o que precisa e não para descontar o seu dia ruim. E acredite: nenhum cliente chega na loja querendo o seu mal, portanto, vá “desarmado” para esse encontro.

Esteja preparado

Quando você assume uma posição de venda, seja ela qual for, espera-se que você esteja preparado para isso. Por preparação, entenda que você vai precisar receber um treinamento. Porém, somente um treinamento não basta. O restante do esforço precisa partir de você. Assim, usar a internet para buscar mais informações sobre o produto que você vende pode ser um diferencial e tanto.

Baseado nas perguntas que você ouve no dia a dia, faça a sua lista de perguntas mais frequentes e busque de forma sincera quais são as respostas mais adequadas. Quando você demonstra ter conhecimento e segurança com relação a aquilo que diz, as chances de que o seu interlocutor se predisponha a fazer negócio com você são muito maiores.

LEIA MAIS:

 

Guest Blogger

Our "Guest Bloggers" come from a variety of backgrounds and companies. They can be Sage people, Sage Business Partners, Independent Software Vendors, Thought Leaders or Analysts, that have valuable knowledge, expertise and experience on a variety of different subjects and topics.

Matérias relacionadas

18 abril, 2018 por Guest Blogger

Como sobreviver à nova era tecnológica?

A velocidade e a intensidade de evolução tecnológica nas empresas nunca chegou a índices tão altos. Mudanças que antes demoravam cinco a dez anos para serem concluídas hoje podem muito bem transformar conceitos em projetos reais em poucos meses. Para …

16 setembro, 2016 por Keith Fenner

O que a tecnologia inteligente realmente significa para os negócios

Confira seis mudanças que devem ser percebidas nos negócios com a inclusão das novas tecnologias no dia a dia das empresas Tecnologia Inteligente – ou Internet das Coisas – é a arte de conectar dispositivos e suas aplicações para o …

17 maio, 2017 por Guest Blogger

O desafio em qualificar novos profissionais para a Indústria 4.0

O bom desempenho das tecnologias industriais vão depender do desenvolvimento de novas capacidades nos colaboradores em prol de um melhor resultado empresarial A Indústria 4.0 promete mudar a produção das fábricas, com a evolução das tecnologias de controle e gestão, …

Product Tour Virtual

Preencha a informação e veja como personalizar o Sage X3 para trabalhar do seu jeito.

Não saia ainda.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique informado.