Voltar à Home do Blog

Estudo de Harvard revela quais mudanças podem fazer um CEO muito mais eficiente

Ocupar o cargo mais alto na hierarquia de uma empresa é um privilégio de poucos. No entanto, um alto salário não vem desacompanhado de muita responsabilidade e trabalho. Não há executivo que não se pergunte como ser um CEO mais eficiente.

Constantemente, há a sensação de que faltam horas no dia para resolver todos os problemas. Além disso, para muitos, conciliar a vida pessoal com a estressante rotina de trabalho acaba se transformando em um problema a médio e longo prazo. Existe uma maneira de evitar essas armadilhas e se tornar um profissional mais equilibrado?

Um estudo de Harvard, chamado “The Leader Calendar”, procurou identificar quais são as características que podem ajudar a tornar os CEOs mais eficientes. A pesquisa constatou que embora eles tenham muitos recursos, falta tempo. O principal culpado de tudo isso? As reuniões. Abaixo, seguem alguns conselhos para virar esse jogo.

1. Aprenda a fazer reuniões rápidas

Se o principal problema dos CEOs é o tempo que eles gastam em reuniões, o primeiro passo para melhorar as coisas é programar reuniões mais rápidas. Tenha em mente que toda reunião deve ter hora para começar e hora para acabar. Simples assim.

Aqueles 15 minutos antes do início, em que muitos esperam pelos poucos atrasados, deve ter um fim. Assim como as divagações durante o encontro, que fazem com que os 20 minutos previstos se transformem em uma ou duas horas. Seja objetivo e poupe o seu tempo e o tempo dos outros.

2. Faça brainstorms em locais públicos

Você já percebeu como as pessoas costumam se soltar mais quando estão em um ambiente que não seja o da empresa? Não é coincidência. O fato de você promover reuniões dentro de uma sala de reuniões pode ser um fator impeditivo e limitador da criatividade das pessoas. Alguns podem ficar mais tensos nessas situações.

Uma saída é reunir a sua equipe e marcar reuniões como essas em um café ou almoço. Procure um lugar que não tenha muito barulho – fuja de locais com som ambiente muito alto – e aposte em boas doses de café como companheiras para liberar a criatividade dos seus colegas. Se você quer pensamentos diferentes, comece você pensando e agindo de forma diferente.

3. Dê adeus ao Power Point

Note o seguinte: quantas vezes durante uma apresentação na qual um slide de Power Point é utilizado ele é de fato necessário? Muitas vezes, o simples envio de um e-mail para todos antes do início da reunião, com os dados da apresentação, seria suficiente para poupar alguns minutos de pessoas lendo um slide diante de todos. Livre-se desta máquina de sonhos!

Volte-se para o objetivo de uma reunião: todos estão lá para falar, ouvir e tomar notas. Isso significa que tanto smartphones quanto projetores são, na maioria das vezes, dispensáveis. Concentre-se em ouvir o que os outros têm a dizer e tome nota do que for necessário. As mensagens do WhatsApp podem ser respondidas depois.

4. Você precisa mesmo participar de todas as reuniões?

Há muitos CEOs que têm como característica o fato de serem centralizadores. Porém, será mesmo necessário participar de todas as reuniões? Para os subordinados é sempre um privilégio tê-lo junto na mesma mesa, mas é preciso ser prático: se outra pessoa pode tomar a decisão ou ouvir o relatório que será apresentado, diga “não”.

Após receber informações detalhadas sobre o que foi debatido você pode procurar, se necessário, um ou outro integrante da mesa para tirar dúvidas pontuais. No entanto, a maior parte do trabalho certamente poderá ser resumida em um relatório de uma ou duas páginas enviado por e-mail.

5. Para de viajar para reuniões

Convenhamos, são pouquíssimas as ocasiões em que é realmente necessário viajar para participar de uma reunião. Muitas vezes o assunto em questão pode ser resolvido com um call ou um telefonema. Por isso, risque da sua agenda aquelas reuniões que não fizerem sentido.

Nesse caso, o problema maior não é a reunião em si, pois mesmo que ela dure alguns minutos há um tempo enorme de deslocamento na ida e na volta que poderia ser melhor aproveitado d outra forma. Seja objetivo e encare os fatos: você não pode – e nem deve – estar em todos os lugares ao mesmo tempo. Por isso, delegue mais.

LEIA MAIS:

Guest Blogger

Our "Guest Bloggers" come from a variety of backgrounds and companies. They can be Sage people, Sage Business Partners, Independent Software Vendors, Thought Leaders or Analysts, that have valuable knowledge, expertise and experience on a variety of different subjects and topics.

Matérias relacionadas

18 julho, 2018 por Guest Blogger

O real valor da tecnologia

O setor de manufatura sempre foi competitivo. Desde a primeira revolução industrial, as empresas deste segmento procuram melhorar processos e produtos de maneira que seja possível alcançar maior vantagem competitiva. Seja na tarefa de aperfeiçoar o processo de produção ou …

23 maio, 2018 por Guest Blogger

GDPR e a internet a serviço das pessoas

A internet de anos atrás não é o que os novos usuários encontram hoje. O que antes era um emaranhado de rica seleção de blogs e sites foi comprimido sob o poderoso peso de algumas plataformas dominantes, como as redes …

20 março, 2017 por Guest Blogger

Quais os desafios por trás da gestão por processos?

Governança, cooperação da diretoria e cultura organizacional são três fatores que devem ser observados Diante da competitividade do mundo dos negócios, as empresas buscam mecanismos para alavancarem os resultados. Uma das formas está diante dos olhos e passível de controle …

Product Tour Virtual

Preencha a informação e veja como personalizar o Sage X3 para trabalhar do seu jeito.

Não saia ainda.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique informado.