Voltar à Home do Blog

Mulheres no trabalho: as 5 executivas de sucesso mais poderosas nos seus negócios

Todos os anos, a revista Forbes, uma das publicações mais conceituadas do ramo de negócios, divulga uma lista com as executivas de sucesso mais influentes no mundo corporativo. Embora as mulheres estejam por toda parte e galgando a cada dia novas posições em cargos de chefia, elas ainda representam uma minoria quando se trata de liderar grandes corporações.

Um estudo da Peterson Institute for International Economics, que levou em consideração um banco de dados com mais de 22 mil empresas de capital aberto em 91 países, apontou que 60% das empresas pesquisadas não contam com mulheres em seus conselhos e o 50% das companhias não têm mulheres no ponto hierárquico mais alto. Na verdade, menos de 5% das empresas pesquisas têm hoje uma mulher como CEO – o que mostra que há muito espaço para crescimento.

Entendemos que hoje é um momento de reflexão, para que novas oportunidades sejam abertas. Dessa forma, não há nada mais inspirador do que conhecer um pouco do perfil das cinco mulheres mais poderosas do mundo dos negócios em 2017 segundo a revista Forbes:

1. Mary Barra, CEO da General Motors

A General Motors é uma empresa que dispensa apresentações. A multinacional norte-americana é uma das principais montadoras de automóveis do mundo, sendo detentora de marcas como Chevrolet, Cadillac, Daewoo e Hummer, entre muitas outras. Globalmente, são mais de 215 mil empregados.

À frente de todo esse conglomerado está Mary Barra, executiva que desde 2014 detém o cargo de CEO da companhia. Ela é a primeira também a ser CEO de uma montadora automotiva. Graduada em engenharia elétrica, começou na GM aos 18 anos como estagiária em 1980 e foi galgando posições até chegar onde chegou.

2. Indra Nooyi, CEO da Pepsico

Nascida na Índia, a empresária Indra Nooyi é hoje o nome mais importante à frente do grupo Pepsico, empresa multinacional norte-americana detentora de dezenas de marcas mundialmente famosas. Entre elas se destacam a Pepsi, a Gatorade, a Elma Chips e o Doritos.

Ocupando a segunda posição da lista entre as executivas mais poderosas do mundo em 2017, Indra se formou em Química, Física e Matemática na Índia, tendo iniciado sua carreira por lá na Johnson & Johnson no final da década de 70. Depois, passou por empresas como Boston Consulting Group e Motorola antes de se juntar à PepsiCo em 1994.

3. Marillyn Hewson, CEO da Lockheed Martin

A Lockheed Martin é uma das maiores empresas do mundo do setor de aviação, fabricando aeronaves e equipamentos de defesa e segurança com tecnologias avançadas. A companhia que emprega hoje cerca de 97 mil funcionários tem como líder a norte-americana Marillyn Hewson, atual CEO.

Graduada em Administração e Economia, ela iniciou a sua carreira na empresa em 1983. Ao longo de mais de três décadas, ocupou mais de uma dezena de posições até chegar ao posto mais importante da companhia. Ela ficou na terceira posição na lista das executivas mais poderosas de 2017 segundo a Forbes.

4. Isabelle Kocher, CEO da Engie

A Engie pode ser pouco conhecida no Brasil, mas é uma das grandes multinacionais do mundo. A empresa francesa atua nas áreas de geração e distribuição de energia, seja ela gás natural, nuclear ou a partir de fontes renováveis. A companhia emprega hoje mais de 150 mil funcionários e atua em todo o mundo.

A responsabilidade sobre esse conglomerado cabe à francesa Isabelle Kocher. Aos 51 anos, ela é a CEO da companhia, tendo trabalhado em diversas empresas antes de ingressar na Engie em 2002. Isabelle é graduada em engenharia, além de ter uma pós-graduação em Física e um mestrado em Óptica Quântica.

5. Emma Walmsley, CEO da GlaxoSmithKline

A britânica Emma Walmsley é a CEO da GlaxoSmithKline, um conglomerado farmacêutico estabelecido em Londres, na Inglaterra. A empresa tem hoje quase 100 mil funcionários e é considerado a sexta maior companhia farmacêutica do mundo. Emma assumiu o cargo de CEO em março de 2017.

Antes de se destacar na GlaxoSmithKline, ela trabalhou durante 17 anos na L’Oreal, onde chegou a ser Gerente Geral de Produtos para o Consumidor na China. Em 2010 ela se juntou à empresa atual como Presidente da Divisão de Cuidados com a Saúde para a Europa, assumindo a divisão mundial no ano seguinte.

LEIA MAIS:

 

Guest Blogger

Our "Guest Bloggers" come from a variety of backgrounds and companies. They can be Sage people, Sage Business Partners, Independent Software Vendors, Thought Leaders or Analysts, that have valuable knowledge, expertise and experience on a variety of different subjects and topics.

Matérias relacionadas

19 junho, 2017 por Guest Blogger

Como o estado das rodovias interfere nos custos do transporte

Em um país com menos de 50% das rodovias em estado bom ou excelente, o acréscimo de gasto no transporte pode aumentar em até 91,5%, dependendo do estado da pista Um estudo do Banco Mundial mostrou que os custos logísticos …

21 outubro, 2016 por Guest Blogger

Com o suporte do Sage X3, Gispol ingressa em novos mercados

Com atuação em três continentes, a empresa confiou nas funcionalidades do Sage X3 para controlar toda área produtiva, estoques e administração da companhia Com produção de cerca de 180 mil copos diários, a Gispol, nascida em 1994, desenvolve materiais plásticos …

12 setembro, 2016 por Guest Blogger

A revolução da manufatura inteligente

A evolução da tecnologia transformou a forma como as fábricas são administradas, fazendo com que haja otimização da produtividade A manufatura inteligente, também conhecida como indústria 4.0, visa informatizar as operações das fábricas, aumentando a eficiência de uso dos recursos …

Product Tour Virtual

Preencha a informação e veja como personalizar o Sage X3 para trabalhar do seu jeito.

Não saia ainda.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique informado.