Voltar à Home do Blog

Multas por excesso de peso estão sendo derrubadas

Uma empresa poderia ser punida pelo Código de Trânsito Brasileiro e pelo Ministério Público Federal pela mesma irregularidade, algo que está sendo revertido na justiça

O transporte rodoviário é o modal mais usado no Brasil e representa 60% dos custos do transporte, conforme indica estimativa realizada pelo Banco Mundial no país. Mesmo empresas que adotaram a estratégia de montar Centros de Distribuição, usam caminhões para fazer transportes de produtos, apesar das condições nas quais se encontram as rodovias brasileiras.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece um limite de peso que pode ser transportado por eixo ou veículo. Se houver descumprimento da regra, o condutor recebe pontos em sua carteira de habilitação e a empresa é multada pelo excesso de peso caracterizado. Há um limite de 5% entre a capacidade estabelecida por eixo e o valor efetivamente carregado. A partir disso, aplicam-se as multas.

Seu sistema de gestão permite controlar a distribuição dos itens em caminhões, seu peso e seu status no deslocamento e entregas? Saiba como o Sage X3 facilita essa gestão.

O Ministério Público Federal

Apesar de o CTB estabelecer essa punição, muitas empresas estavam pagando a multa de forma dobrada, com uma cobrança realizada pelo Ministério Público Federal – alegando que o excesso de peso causa dano à sociedade em razão da diminuição da vida útil das vias e da segurança dos demais usuários. O órgão estava requerendo aplicação de novas multas e de indenizações pelo excesso de peso transportado.

De acordo com o jornal Valor Econômico, o MPF requer que a justiça fixe um valor de multa – que pode variar de R$ 5 mil a R$ 10 mil – para cada nova autuação sofrida por empresas de transporte. Apesar de o MPF ter tido ganho de causa em primeira instância, muitas companhias estão revertendo essa decisão ao subir para o segundo grau do judiciário.

Desembargadores atuantes em Tribunais Regionais Federais estão retirando essas punições por considerarem que o MPF está ingressando em uma área na qual não lhe cabe atuar. Ou seja, uma empresa não poderia ser punida administrativamente – pelo CTB – e na esfera judicial pela mesma irregularidade.

ICMS

Um dos propósitos deste blog é trazer informações relevantes que possam contribuir para uma otimização dos investimentos empresariais – respeitando a legislação. Nesse sentido, vale lembrar que a transferência de mercadorias entre uma mesma empresa – mesmo que ultrapasse as barreiras estaduais – não deve recolher ICMS. Entenda mais neste artigo.

Guest Blogger

Our "Guest Bloggers" come from a variety of backgrounds and companies. They can be Sage people, Sage Business Partners, Independent Software Vendors, Thought Leaders or Analysts, that have valuable knowledge, expertise and experience on a variety of different subjects and topics.

Matérias relacionadas

9 janeiro, 2017 por Guest Blogger

O Bloco K e o sigilo industrial

Necessidade de informar detalhes sobre os processos produtivos gera medo de que a confidencialidade das informações seja quebrada Já estamos em 2017 e, com a chegada do novo ano, a necessidade de as indústrias com faturamento superior a R$ 300 …

12 junho, 2017 por Guest Blogger

Como os empresários do Brasil veem a legislação trabalhista?

Mobilidade, trabalho remoto e compliance são alguns dos pontos criticados pelos empresários do país, segundo uma pesquisa sobre o futuro do trabalho A legislação trabalhista está no centro de várias discussões do Brasil no momento, passando por uma possível reforma …

21 março, 2018 por Guest Blogger

5 coisas que você deve fazer ao abordar novos clientes

“A primeira impressão é que fica”, diz o ditado. De fato, quando se trata de abordar um novo cliente, muito disso é verdade. Às vezes, de forma inconsciente, criamos barreiras ou usamos modelos prontos na hora do atendimento que acabam …

Product Tour Virtual

Preencha a informação e veja como personalizar o Sage X3 para trabalhar do seu jeito.

Não saia ainda.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique informado.