Voltar à Home do Blog

O que é a “Chinese Wall” no compliance?

Para que o compliance funcione, o setor precisa ser independente e garantir que não haja interferência no trabalho desenvolvido

Desde que a lei anticorrupção entrou em vigor, o compliance ganhou força no Brasil, pois as empresas passariam a ser responsabilizadas por irregularidades cometidas por seus colaboradores ou administradores. Especialmente para companhias que buscam a expansão internacional, o fato de seguir a legislação pode se tornar uma oportunidade de crescimento e de estabelecimento de parcerias.

Para que essa metodologia possa se desenvolver, há um novo termo, a “Chinese Wall” ou a “Muralha da China”. A origem do termo deriva do mercado financeiro, com o propósito de impedir a transmissão de informações consideradas privilegiadas ou sigilosas. Para empresas cujas ações estão disponíveis na bolsa de valores, existe uma série de regras que precisam ser seguidas antes da divulgação de balanços financeiros.

O muro chinês, de certa forma, segue esse conceito, fazendo com que, além da adoção de regras, políticas, procedimentos e controles do compliance, o setor tenha uma separação específica, garantindo que o seu funcionamento seja efetivo. Na teoria, essa organização restringe a informação apenas às pessoas ou aos grupos que precisam delas para conduzir os seus trabalhos.

Pretende personalizar o seu sistema de gestão para a área de compliance? Os colaboradores podem ter acesso a todos os setores – até mesmo à movimentação de acesso de diretores – para que o trabalho seja efetivo.

Os cuidados

Entre as empresas de comunicação, como jornais e revistas, existe um modelo de negócio chamado de “Separação Igreja-Estado”. Esse conceito se baseia nos livros de História e, como prega o nome, prevê uma divisão clara entre Igreja e Estado. No caso do jornalismo, o propósito é separar dois departamentos: a redação e o comercial.

O objetivo por trás dessa divisão está no fato de que, caso um departamento tenha contato com o outro, pode gerar problemas. Imagine que o jornalismo desenvolve uma matéria que menciona uma empresa específica, que, naquele momento, está investindo no departamento comercial. Se um setor souber do trabalho do outro, pode haver interferências e atrapalhar as duas áreas.

Na Chinese Wall, caso o departamento de compliance não seja bem protegido, o seu trabalho pode não surtir o efeito desejado. Essa divisão não precisa ser necessariamente física, mas implantada na cultura organizacional da empresa, garantindo que, se alguma irregularidade for detectada, ela chegará às pessoas e aos órgãos competentes.

Em um cenário ideal, as empresas vão estabelecer um comitê de compliance – que pode contar com colaboradores de outros departamentos –, mas que terá liberdade e autonomia para desenvolver o trabalho.

Guest Blogger

Our "Guest Bloggers" come from a variety of backgrounds and companies. They can be Sage people, Sage Business Partners, Independent Software Vendors, Thought Leaders or Analysts, that have valuable knowledge, expertise and experience on a variety of different subjects and topics.

Matérias relacionadas

30 outubro, 2017 por Guest Blogger

Empresas planejam modificar investimentos em compliance

O uso da tecnologia, como os sistemas de gestão, está otimizando o acompanhamento das mudanças na lei É inegável que o setor de compliance ganhou força nos últimos anos. Não à toa, 53% das companhias devem ampliar os investimentos no …

14 agosto, 2017 por Guest Blogger

O que muda com a reforma trabalhista?

Confira as principais alterações previstas na alteração das leis que regem a relação entre trabalhadores e empregados no país Recentemente, a Reforma Trabalhista foi aprovada, modificando artigos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Apesar dos inúmeros protestos e reclamações, …

12 abril, 2017 por Guest Blogger

CEOs estão gastando mais com Big Data

Investimentos estão aumentando, mas é preciso superar barreiras em diferentes áreas para que a tecnologia ofereça os resultados esperados pelos executivos A vasta maioria das empresas de médio e grande porte gasta milhões de dólares todos os anos na construção …

Product Tour Virtual

Preencha a informação e veja como personalizar o Sage X3 para trabalhar do seu jeito.

Não saia ainda.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique informado.