Voltar à Home do Blog

Os 4 pilares do mapa estratégico da Indústria até 2022

Entenda os critérios usados pela CNI para determinar quais são os elementos-chave para permitir o crescimento da indústria do país nos próximos anos

Não é novidade que a indústria sofreu um dos maiores baques com a crise econômica que afeta o país desde 2014. No entanto, um mapa estratégico foi traçado – ainda antes da recessão — para permitir o crescimento deste setor entre 2013 e 2022 pela Confederação Nacional das Indústrias (CNI). Você sabe quais são os pontos considerados cruciais pela entidade?

Vale lembrar que a Indústria 4.0 está avançando no país, conforme apontam estudos. Já existem investimentos para a melhoria de processos, desenvolvimento de novos produtos e adaptação de novas tecnologias. Trata-se de um mundo repleto de oportunidades para a indústria brasileira e, ao mesmo tempo, uma necessidade para competir em cenário internacional.

Estes 10 pontos estão divididos em quatro pilares específicos:

Educação – A capacitação é vista como o principal insumo para a inovação. Uma pesquisa realizada pelo Senai identificou a necessidade de formar 13 milhões de trabalhadores para suportar a demanda de crescimento da indústria para os próximos anos.

Atuação da indústria – O ambiente de operação é fundamental. Por esse motivo, é preciso incrementar algumas condições, como segurança jurídica, desenvolvimento de mercados e ambiente macroeconômico do país – este é um dos desafios mais complicados, pois foge do controle dos empresários.

Custos de produção dos investimentos – Tributação, financiamento, relações de trabalho e a infraestrutura (como a logística) influenciam diretamente o bom rendimento da indústria. Recentemente, o blog trouxe um artigo mostrando como o estado das rodovias interfere nos custos de transporte das empresas do país.

Inovação e Produtividade – As competências dos profissionais e os investimentos em tecnologia, como a Indústria 4.0, aparecem neste momento. Junto a elas, estão as possibilidades de benefícios, como na personalização de produtos.

Os quatro pilares e os 10 pontos foram desenvolvidos levando em conta os desafios, as oportunidades e as tendências, como avanços em tecnologia e preocupação com o clima. Outros critérios avaliados foram as mudanças no perfil da população e os deslocamentos da produção.

Em breve, o blog vai trazer novos artigos aprofundando alguns dos pontos considerados cruciais no Mapa Estratégico da Indústria.

Guest Blogger

Our "Guest Bloggers" come from a variety of backgrounds and companies. They can be Sage people, Sage Business Partners, Independent Software Vendors, Thought Leaders or Analysts, that have valuable knowledge, expertise and experience on a variety of different subjects and topics.

Matérias relacionadas

14 março, 2018 por Guest Blogger

Gestão de estoque: supermercados desperdiçam 2,28% do faturamento

De 2015 para 2016, houve aumento das perdas registradas pelos supermercados em relação ao faturamento líquido, conforme indica levantamento divulgado pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Em 2015, de cada R$ 100 recebidos pelos estabelecimentos, R$ 2,26 eram desperdiçados; em …

21 julho, 2017 por Guest Blogger

As universidades do Brasil estimulam o empreendedorismo?

Ao contrário do que se vê em outros países, onde a universidade é um ponto de partida para novos negócios, a lógica é invertida no Brasil Apenas 36% dos estudantes universitários brasileiros acreditam que as salas de aula satisfazem suas …

16 agosto, 2017 por Guest Blogger

Outsourcing de TI: quando optar por ele e suas vantagens

Estratégia pode ser adotada por empresas que buscam focar em sua estratégia de negócios ou preferem manter o TI com um parceiro específico Sua empresa está crescendo e a Tecnologia da Informação está se tornando um limitador de crescimento? A …

Product Tour Virtual

Preencha a informação e veja como personalizar o Sage X3 para trabalhar do seu jeito.

Não saia ainda.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique informado.