Voltar à Home do Blog

Sua empresa se preocupa com o compliance tributário?

Acompanhamento da lei preocupa empresários, mas pode ser obtido a partir de alguns cuidados simples no setor jurídico das empresas

Uma das necessidades das empresas brasileiras está no investimento em compliance, sobretudo no tributário. A complexidade da legislação brasileira gera dificuldades, assim como uma exigência de acompanhamento frequente das novas jurisprudências e legislações lançadas diariamente.

De acordo com a advogada Letícia Mary Fernandes do Amaral, sócia da Amaral, Yazbek Advogados, escritório especializado em Direito Tributário, softwares especializados, como o Sage X3, são uma das ferramentas mais efetivas para se obter sucesso no acompanhamento da legislação. Veja as dicas listadas pela advogada:

Quer garantir que sua empresa cumpra todas as regras necessárias e evite multas? Conheça o Sage X3, que conta com atualizações frequentes na legislação.

– Softwares especializados na busca de novas leis nos Diários Oficiais, como o Sage X3, podem ser configurados com as regras do Brasil e de outros países atendidos pela ferramenta. A solução também conta com o acompanhamento de uma equipe especializada, fazendo alterações e adequações aos usuários.

– Assinatura de boletins informativos específicos, conforme o segmento de atuação da companhia, e buscar outras organizações que façam atualizações nesse contexto.

– Filiação a entidades especializadas no assunto.

– Contratação de uma equipe interna ou consultores externos aptos a fazerem esse planejamento e o acompanhamento necessário.

Antes disso, contudo, os empresários precisam, em um primeiro momento, fazer a diferenciação de alguns conceitos: compliance tributário, governança tributária e gestão tributária.

Governança Tributária – O conceito mais amplo, abrangendo os assuntos ligados à tributação de uma empresa.

Gestão Tributária – Relacionada à coordenação de assuntos relativos aos impostos.

Compliance Tributário – Responsável por verificar se a legislação tributária está sendo seguida pela empresa.

A importância

Há uma necessidade de se trabalhar a governança tributária, com destaque para o compliance tributário. O motivo? Se as empresas descumprem as regras estabelecidas, ficam sujeitas a uma série de riscos e até mesmo multas, que podem ampliar o já elevado custo de impostos do país.

Segundo Letícia, cada empresa precisa ter cuidados específicos na hora de realizar esse planejamento, pois a área de atuação, o sistema de tributação escolhido, a oferta de determinados produtos ou serviços modificam a forma como a empresa é entendida no sistema tributário brasileiro. Logo, não existe um planejamento padrão que possa ser repetido para qualquer empreendimento.

“Todo planejamento tributário deve ser precedido de profundo conhecimento e análise sobre a realidade tributária global da empresa”, diz a advogada. É possível, sim, obter reduções de tributos, mas, de acordo com a profissional, o foco do planejamento não deve ser esse, mas a garantia de cumprimento da lei.

Guest Blogger

Our "Guest Bloggers" come from a variety of backgrounds and companies. They can be Sage people, Sage Business Partners, Independent Software Vendors, Thought Leaders or Analysts, that have valuable knowledge, expertise and experience on a variety of different subjects and topics.

Matérias relacionadas

31 outubro, 2016 por Guest Blogger

Cross Docking ou Dropshipping?

Conheça as diferenças entre os dois modelos de logística para a entrega de produtos Recentemente, o blog Sage X3 mostrou que o transporte representa cerca de 60% dos gastos logísticos empresariais. No entanto, a armazenagem e a distribuição podem se …

14 agosto, 2017 por Guest Blogger

O que muda com a reforma trabalhista?

Confira as principais alterações previstas na alteração das leis que regem a relação entre trabalhadores e empregados no país Recentemente, a Reforma Trabalhista foi aprovada, modificando artigos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Apesar dos inúmeros protestos e reclamações, …

25 agosto, 2017 por Guest Blogger

O que é a “Chinese Wall” no compliance?

Para que o compliance funcione, o setor precisa ser independente e garantir que não haja interferência no trabalho desenvolvido Desde que a lei anticorrupção entrou em vigor, o compliance ganhou força no Brasil, pois as empresas passariam a ser responsabilizadas …

Product Tour Virtual

Preencha a informação e veja como personalizar o Sage X3 para trabalhar do seu jeito.

Não saia ainda.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique informado.