Voltar à Home do Blog

A importância da “governança da informação” no Analytics

Na mesma proporção em que cresce o uso de dados, aumenta-se a importância de uma gestão precisa dessas informações, sob o risco de gerar problemas às empresas

Os dados podem se tornar uma ferramenta fundamental para o crescimento empresarial. Não à toa, as perspectivas são de aumento de investimento para o setor de Big Data – seja em infraestrutura, softwares ou em serviços relacionados –, passando de US$ 16,6 bilhões em 2014 para US$ 41,5 bilhões em 2018, atingindo um crescimento médio anual de 26,4% em diversos setores. Os números são da consultoria IDC.

Quer tornar o uso de dados uma realidade em sua empresa? Teste o Sage X3 e saiba como ele pode transformar os resultados do seu negócio.

A governança da informação

No entanto, quanto mais se entra no universo do analytics, maior a necessidade de informações estruturadas e de uma governança específica para que os resultados esperados sejam, de fato, atendidos.

Nesse contexto, a empresa precisa buscar meios de agradar dois setores: por exemplo, enquanto as regras de compliance pressupõe a manutenção de alguns documentos por um período específico (a fim de se resguardar de ações, processos judiciais ou fiscalizações), o time de analytics pode ter o desejo de deletar essas informações, pois podem gerar dados antigos, imprecisos e duplicados.

Por isso, um sistema de gestão deve ser personalizado e adaptado para os seus diferentes segmentos, permitindo ajustes específicos a cada área. Ao deletar informações consideradas de baixo valor, aumenta-se a possibilidade de detectar análises e informações benéficas para a companhia.

Dessa forma, embora os projetos de Big Data trabalhem com grandes volumes de dados, é preciso que um time fique responsável por determinar que tipo de informação pode resultar em insights positivos para a empresa, separando dados importantes dos inúteis. E, talvez, o grande desafio seja encontrar o meio termo entre o que deve ser mantido e o que pode ser facilmente descartado ou, ao menos, esquecido.

Fuja das armadilhas

Para fugir das armadilhas de um grande investimento em uma tecnologia que não gera o custo-benefício esperado – e estimado nos planejamentos –, veja algumas dicas:

– Reduza o tempo entre a percepção e as ações

Os insights podem surgir a qualquer momento e solucionar questões que envolvem processos dentro de uma empresa. Quanto mais rápida for a ação, mais veloz será também o retorno do investimento.

– Seja ágil na compilação de informações

O setor de analytics precisa ser ágil para compilar as informações de, por exemplo, o retorno dos consumidores a respeito de um produto ou serviço. É preciso estabelecer prioridades dentro desse contexto, fazendo com que determinados setores ou questões que geram mais reclamação se tornem o ponto focal inicial. E, nesses casos, ter o dado mais atual compilado é determinante para encontrar soluções.

– Seja ágil, mas cuidadoso

Em um mundo no qual as informações e a possibilidade de tomada de decisões estão quase sempre em mãos e com dados em tempo real, a compilação deve ser veloz, mas cuidadosa. Um levantamento equívoco de informações pode gerar uma tomada de decisão infeliz e com problemas.

Guest Blogger

Our "Guest Bloggers" come from a variety of backgrounds and companies. They can be Sage people, Sage Business Partners, Independent Software Vendors, Thought Leaders or Analysts, that have valuable knowledge, expertise and experience on a variety of different subjects and topics.

Matérias relacionadas

19 setembro, 2016 por Guest Blogger

Gestão de empresas: o que os esportes olímpicos podem nos ensinar

Vôlei brasileiro é exemplo de como a gestão somada à análise de dados pode contribuir para a boa performance esportiva e transformar os resultados de um esporte Há anos, o Vôlei do Brasil atinge resultados esportivos incríveis. Nos últimos 16 …

11 novembro, 2016 por Guest Blogger

Os desafios do Brasil para a Indústria 4.0

Compra de equipamentos, adaptação das fábricas, adequação de processos e desenvolvimento de colaboradores estão entre as principais dificuldades A Indústria 4.0 promete revolucionar o desempenho das indústrias em todo o globo – e o Brasil deve acompanhar este processo. A …

13 março, 2018 por Guest Blogger

O que são robôs de investimento?

Você deixaria que apenas máquinas tomassem decisões com relação ao que fazer com o dinheiro da sua empresa? Saiba que essa ideia já não é mais uma novidade e é cada vez maior o número de companhias que deixa certas …

Product Tour Virtual

Preencha a informação e veja como personalizar o Sage X3 para trabalhar do seu jeito.

Não saia ainda.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique informado.