Voltar à Home do Blog

A revolução da manufatura inteligente

A evolução da tecnologia transformou a forma como as fábricas são administradas, fazendo com que haja otimização da produtividade

A manufatura inteligente, também conhecida como indústria 4.0, visa informatizar as operações das fábricas, aumentando a eficiência de uso dos recursos e da mão de obra, a melhoria da capacidade de adaptação a diferentes processos. A partir do uso de sensores integrados a um sistema de gestão – dentro do que se chama de Internet das Coisas –, é possível tornar os processos produtivos mais organizados e alinhados aos propósitos e à satisfação de clientes e parceiros de negócios em outros processos.

Estudos realizados nos Estados Unidos indicam que o uso desse tipo de organização pode contribuir decisivamente para a melhora nos resultados, mas somente 13% das empresas de manufatura usavam conceitos e tecnologias de manufatura inteligente. Uma pesquisa da American Society for Quality (ASQ) indica que, das empresas que adotaram esse tipo de estratégia, 82% melhoraram sua eficiência, 49% reduziram os defeitos de seus produtos e 45% aumentaram a satisfação de seus clientes.

Quer saber como aumentar a produtividade e eficiência da sua empresa? Descubra como o Sage X3 pode lhe ajudar, clique aqui e saiba mais!

Como isso é possível?

Por meio da coleta e análise de grandes volumes de dados dos sensores instalados ao longo da operação, é possível avaliar cada etapa do processo produtivo, com informações reais e numéricas de cada etapa. A partir disso, pode-se encontrar diferentes soluções para melhorar a eficiência da manufatura como um todo, aumentando a previsibilidade, otimizando os custos e até mesmo eficiência dos seus colaboradores.

Barreiras para investimento no Brasil

A pesquisa Indústria 4.0, realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), indica que o alto custo de implantação é uma das principais barreiras para o avanço nesta área. No entanto, a evolução tecnológica reduz a cada dia os custos dos equipamentos e os sistemas de gestão na nuvem diminuem custos de implantação e de aplicação de recursos em infraestrutura, aumentando o retorno. Uma pesquisa da FGV indicou que, para cada 1% a mais de investimento em Tecnologia da Informação, o lucro aumentou 7% após dois anos.

Guest Blogger

Our "Guest Bloggers" come from a variety of backgrounds and companies. They can be Sage people, Sage Business Partners, Independent Software Vendors, Thought Leaders or Analysts, that have valuable knowledge, expertise and experience on a variety of different subjects and topics.

Matérias relacionadas

10 junho, 2016 por Guest Blogger

Setor de distribuição vai acelerar investimentos em TI

De acordo com a pesquisa Warehouse Vision 2020, três em cada quatro profissionais que trabalham na área pretendem aumentar o investimento no setor Incrementar a gestão de estoque é um dos principais desafios de quem atua na área de distribuição, …

27 janeiro, 2017 por Guest Blogger

4 dicas para criar métricas relevantes

Transformar dados em informações e ter uma equipe dedicada a essa análise pode se tornar um diferencial para as empresas se manterem em crescimento A boa performance de um negócio está diretamente relacionada ao sucesso na rentabilidade e na produtividade. …

3 março, 2017 por Guest Blogger

Drones, uma tendência em distribuição

Amazon aposta nos equipamentos para realizar entregas rápidas e leves (até 2,5 kg); ideia começou a se difundir pelo mundo A Amazon está fazendo uma experiência, desde 2013, que pode revolucionar os métodos de distribuição em todo o mundo. O …

Product Tour Virtual

Preencha a informação e veja como personalizar o Sage X3 para trabalhar do seu jeito.

Não saia ainda.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique informado.