Voltar à Home do Blog

Como será o escritório do trabalho do futuro?

Veja alguns conceitos que estão sendo adotados por empresas no mundo para incentivar a colaboração, a mobilidade e a comunicação entre as pessoas no ambiente de trabalho

Não é segredo que o escritório é, para muitas pessoas, uma espécie de segunda casa, por isso há uma importância de que os colaboradores se sintam confortáveis neste espaço. A fim de obter um ambiente de trabalho incentivador, há vários detalhes relacionados à estrutura, mas a arquitetura também contribui para que as sensações sejam as melhores possíveis.

Não é novidade que, cada vez mais, as pessoas estão buscando por formas de trabalho mais flexíveis, com a possibilidade da atuação remota, entre tantas outras novas exigências e percepções por parte da força de trabalho e dos empresários. Por óbvio, não existe a necessidade de levar os atuais escritórios abaixo, mas de começar a planejar esse local como um incentivo à inovação e à colaboração – algo esperado pelas empresas e definido como intraempreendedorismo.

Veja, abaixo, algumas tendências:

Escritórios menores

Nas grandes cidades, as pessoas estão morando em espaços menores. Essa tendência também é percebida nos escritórios. A possibilidade de trabalho remoto faz com que nem todos os colaboradores estejam, ao mesmo tempo, na empresa – o que não exige um amplo espaço em todos os momentos, bem como a ausência de local para todos os colaboradores. Além disso, na arquitetura, é possível utilizar longas mesas para acomodar diversos colaboradores, além de cadeiras e outros ambientes.

Espaços abertos

Foi-se o tempo em que cada colaborador ficava em seu “cubículo” ou sala. As pesquisas indicam que, nos Estados Unidos, 70% dos escritórios estão diminuindo as paredes e as restrições. Mais do que apenas passar uma imagem de abertura e transparência, esses espaços abertos, de fato, incentivam a comunicação e a colaboração.

Módulos específicos

É possível instalar módulos com diferentes objetivos: uma área menos formal, com sofás e pufs para momentos de descontração; salas fechadas para a realização de reuniões com mais privacidade; espaço com games ou fliperamas para os momentos em que se busca espairecer, entre outras diversas possibilidades.

Coworking

Para uma grande empresa, pode não fazer sentido dividir o espaço com outras companhias. No entanto, essa pode ser uma opção, sobretudo para escritórios em outras cidades, para companhias que trabalham com freelancers, oferecendo um espaço que pode ser contratado conforme a demanda e a necessidade, reduzindo custos fixos.

Conectividade integral

Nesses ambientes móveis, no qual pode-se trabalhar de qualquer local – seja uma mesa ou um sofá –, a qualidade da conectividade precisa ser muito eficiente para que a mobilidade funcione, de fato. Além disso, existem soluções específicas para que, mesmo trabalhando de outro local ou remotamente, os dispositivos usados pelos colaboradores busquem sempre o caminho mais eficiente na internet.

Guest Blogger

Our "Guest Bloggers" come from a variety of backgrounds and companies. They can be Sage people, Sage Business Partners, Independent Software Vendors, Thought Leaders or Analysts, that have valuable knowledge, expertise and experience on a variety of different subjects and topics.

Matérias relacionadas

18 agosto, 2017 por Guest Blogger

Por que investir em uma gestão de riscos?

Conhecer os riscos também resulta em compreender as oportunidades existentes e o que deve ser feito para retomá-las O Uber é um serviço que já disseminou na maior parte do país, mesmo que sua regulamentação não tenha acontecido em muitas …

6 junho, 2018 por Guest Blogger

O que é SLA e por que você precisa torná-lo mais eficiente na sua empresa?

Se você trabalha com empresas de prestação de serviços de TI, seja como empresário ou contratante, possivelmente já deve ter se deparado com a sigla SLA. Mas afinal, você sabe o que é SLA? Trata-se de uma sigla em inglês …

19 setembro, 2018 por Guest Blogger

Máquinas como serviço: entenda como a nova indústria impulsiona o crescimento de receita no pós-venda

O uso de softwares como serviço (SaaS) tem sido uma constante em inúmeros setores na última década. Porém, engana-se quem imagina que apenas eles podem ser oferecidos dessa forma. Fabricantes de equipamentos viram também a oportunidade de oferecer máquinas como …

Product Tour Virtual

Preencha a informação e veja como personalizar o Sage Business Cloud Enterprise Management para trabalhar do seu jeito.

Não saia ainda.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique informado.