Voltar à Home do Blog

Os 4 pilares do mapa estratégico da Indústria até 2022

Entenda os critérios usados pela CNI para determinar quais são os elementos-chave para permitir o crescimento da indústria do país nos próximos anos

Não é novidade que a indústria sofreu um dos maiores baques com a crise econômica que afeta o país desde 2014. No entanto, um mapa estratégico foi traçado – ainda antes da recessão — para permitir o crescimento deste setor entre 2013 e 2022 pela Confederação Nacional das Indústrias (CNI). Você sabe quais são os pontos considerados cruciais pela entidade?

Vale lembrar que a Indústria 4.0 está avançando no país, conforme apontam estudos. Já existem investimentos para a melhoria de processos, desenvolvimento de novos produtos e adaptação de novas tecnologias. Trata-se de um mundo repleto de oportunidades para a indústria brasileira e, ao mesmo tempo, uma necessidade para competir em cenário internacional.

Estes 10 pontos estão divididos em quatro pilares específicos:

Educação – A capacitação é vista como o principal insumo para a inovação. Uma pesquisa realizada pelo Senai identificou a necessidade de formar 13 milhões de trabalhadores para suportar a demanda de crescimento da indústria para os próximos anos.

Atuação da indústria – O ambiente de operação é fundamental. Por esse motivo, é preciso incrementar algumas condições, como segurança jurídica, desenvolvimento de mercados e ambiente macroeconômico do país – este é um dos desafios mais complicados, pois foge do controle dos empresários.

Custos de produção dos investimentos – Tributação, financiamento, relações de trabalho e a infraestrutura (como a logística) influenciam diretamente o bom rendimento da indústria. Recentemente, o blog trouxe um artigo mostrando como o estado das rodovias interfere nos custos de transporte das empresas do país.

Inovação e Produtividade – As competências dos profissionais e os investimentos em tecnologia, como a Indústria 4.0, aparecem neste momento. Junto a elas, estão as possibilidades de benefícios, como na personalização de produtos.

Os quatro pilares e os 10 pontos foram desenvolvidos levando em conta os desafios, as oportunidades e as tendências, como avanços em tecnologia e preocupação com o clima. Outros critérios avaliados foram as mudanças no perfil da população e os deslocamentos da produção.

Em breve, o blog vai trazer novos artigos aprofundando alguns dos pontos considerados cruciais no Mapa Estratégico da Indústria.

Guest Blogger

Our "Guest Bloggers" come from a variety of backgrounds and companies. They can be Sage people, Sage Business Partners, Independent Software Vendors, Thought Leaders or Analysts, that have valuable knowledge, expertise and experience on a variety of different subjects and topics.

Matérias relacionadas

3 maio, 2017 por Guest Blogger

O diagrama de afinidades, seu uso e importância

Muitas empresas não encontram soluções para problemas específicos, justamente o objetivo buscado com a ferramenta em um trabalho em grupo de colaboradores Dentro de um sistema de gestão por processos, existem várias ferramentas que podem ser usadas. Recentemente, o blog …

22 agosto, 2018 por Guest Blogger

Por que o modelo de fabricação chinês possui muitas vantagens competitivas?

Um dos principais objetivos dos administradores de grandes indústrias é sempre o de otimizar o desempenho de uma linha de produção. É por essa razão que o modelo de fabricação chinês e suas vantagens competitivas constantemente se tornam objeto de …

8 março, 2018 por Guest Blogger

Por que você precisa contratar mais mulheres se quer um negócio bem-sucedido?

A luta pela igualdade de gênero nunca esteve tão em evidência como no atualidade. Essa tendência pode ser percebida especialmente nas grandes empresas, como Google, Facebook e Yahoo, que apostam cada vez mais em um número maior de mulheres em …

Product Tour Virtual

Preencha a informação e veja como personalizar o Sage X3 para trabalhar do seu jeito.

Não saia ainda.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique informado.