Voltar à Home do Blog

Os desafios do Brasil para a Indústria 4.0

Compra de equipamentos, adaptação das fábricas, adequação de processos e desenvolvimento de colaboradores estão entre as principais dificuldades

A Indústria 4.0 promete revolucionar o desempenho das indústrias em todo o globo – e o Brasil deve acompanhar este processo. A Accenture estima que a implantação de tecnologias ligadas à Internet das Coisas deve impactar o Produto Interno Bruto (PIB) em cerca de US$ 39 bilhões até 2030. Esses resultados podem atingir até US$ 210 bilhões, caso o país crie condições com investimento em infraestrutura, regulamentações, difusão de novas tecnologias, entre outras medidas.

Um estudo realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que os impactos da implementação das novas tecnologias vão gerar diversos benefícios para as empresas além do aumento da produtividade, tais como: encurtamento de prazos de lançamentos de novos produtos; maior flexibilidade da produção; maior eficiência no uso de recursos; mais facilidade para se integrar às cadeias globais de valor.

O Sage X3 melhora o fluxo de informações na sua empresa e otimiza a sua performance. Entenda como clicando aqui.

Os desafios

É preciso superar uma série de entraves para a utilização das tecnologias dentro das manufaturas. Entre eles, de acordo com a CNI, estão:

– Investimento em equipamentos que contem com as novas tecnologias

– Adaptação dos layouts (as fábricas podem precisar de ajustes para serem otimizadas)

– Adequação de processos empresariais e das necessidades de fornecedores

Formação e capacitação de colaboradores

Esses são os principais desafios observados pela CNI para que a indústria 4.0 se torne uma realidade no país. A maior parte das medidas está relacionada ao próprio ajuste interno das empresas, como a disponibilidade de recursos para comprar maquinário, adequar as fábricas e capacitar colaboradores.

O estudo deixa claro, contudo, que, quanto mais cedo se ingressar neste mundo, mais rápida será a adaptação. Além disso, começar a planejar essas práticas é uma necessidade “sob o risco de não conseguirem sobreviver neste novo ambiente competitivo”.

As vantagens

Uma análise da McKinsey estima que, até 2025, a Indústria 4.0 pode gerar vantagens empresariais:

– Reduzir os custos com a manutenção de equipamentos entre 10 e 40%

– Reduzir o consumo de energia entre 10 e 20%

– Aumentar a eficiência do trabalho entre 10 e 25%

Isso é possível a partir do cruzamento de informações que permitem relacionar os pedidos de compra à capacidade de produção e de distribuição, com as adequações para uma cadeia produtiva mais inteligente. Um software de gestão moderno e flexível pode auxiliar sua empresa a melhorar processos e fluxos de trabalho e, com isso, alcançar de forma mais rápida esses resultados. A exemplo, o Sage X3 – software de gestão empresarial desenvolvido pela Sage -, tem apoiado empresas e empresários em mais de 100 países a revolucionarem seus negócios, tornando suas operações mais eficientes e rentáveis.

Guest Blogger

Our "Guest Bloggers" come from a variety of backgrounds and companies. They can be Sage people, Sage Business Partners, Independent Software Vendors, Thought Leaders or Analysts, that have valuable knowledge, expertise and experience on a variety of different subjects and topics.

Matérias relacionadas

25 abril, 2018 por Guest Blogger

Internet das Coisas: os novos riscos de segurança

Muito se fala a respeito dos benefícios que a Internet das Coisas será capaz de trazer aos novos negócios. No entanto, ela exige a adoção de uma série de medidas para garantir a segurança das informações. A lógica é simples: …

7 junho, 2017 por Guest Blogger

Governo federal prepara plano para melhorar a tecnologia das indústrias

Em prol da competitividade das companhias do país, governo promete decifrar barreiras e criar incentivos para investimentos em tecnologia Recentemente, o blog apresentou um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) indicando que 1 em cada dez empresas do país são …

8 dezembro, 2017 por Guest Blogger

Como será o varejo do futuro?

Inovar e criar experiências memoráveis para o consumidor. O futuro das marcas e das lojas de varejo passa por redefinir as experiências de compra, tornando-as mais acessíveis, prazerosas e satisfatórias para os consumidores. Porém, adivinhar como será o varejo do …

Product Tour Virtual

Preencha a informação e veja como personalizar o Sage X3 para trabalhar do seu jeito.

Não saia ainda.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique informado.