Voltar à Home do Blog

Por que investir em uma gestão de riscos?

Conhecer os riscos também resulta em compreender as oportunidades existentes e o que deve ser feito para retomá-las

O Uber é um serviço que já disseminou na maior parte do país, mesmo que sua regulamentação não tenha acontecido em muitas praças. Os gestores por trás da plataforma optaram por lançar o serviço, mesmo sabendo da existência de lacunas ou de questões específicas sobre a legislação, a fim de gerar um interesse na população.

A estratégia foi efetiva, tanto que a opinião da população sobre o serviço foi fundamental para que ele se regularizasse em todas as cidades, com um forte apelo popular. Um estudo conduzido pela EY, chamado de There’s no Reward Without Risk (Não há prêmio sem risco), mostrou que 97% das empresas estudadas fizeram progressos ao alinhar os níveis de risco com o potencial de ganhos.

Esse conceito de avaliação de riscos pode se tornar parte da política e até mesmo da estratégia de negócio empresarial. Dessa forma, a transparência ganha corpo para parceiros, colaboradores e até mesmo membros do conselho de administração. A partir disso, determina-se que a gestão de risco será parte importante do processo empresarial e etapa fundamental para os objetivos futuros.

Compliance

O compliance – a estratégia de conduzir a companhia em conformidade com a lei – é um fator a ser considerado, com a montagem de uma equipe capaz de avaliar as possibilidades existentes e seus riscos. De acordo com o mesmo estudo, 16% das empresas entenderam a ligação entre o risco e a obtenção de objetivos de negócios próxima, capaz de responder a fatores negativos e prever mudanças econômicas e tecnológicas.

Não à toa, há um movimento chamado de Governança, Risco e Compliance (GRC), cada vez mais comum em todo o globo. O propósito dessa estratégia é lógico: reunir, em um mesmo local, essas três áreas que poderiam estar isoladas, mas conseguem coordenar melhor vários aspectos relacionados, visando sustentabilidade, transparência e eficiência.

A importância da tecnologia

A tecnologia é um item determinante para o sucesso da gestão de riscos. É por meio de uma base de dados sólida, em um sistema de gestão centralizado, que os tomadores de decisão consideram suas opiniões. Além disso, uma solução capaz de oferecer dashboards e o acesso às informações de qualquer dispositivo e lugar, como o Sage X3, pode tornar essa tarefa mais simples.

Guest Blogger

Our "Guest Bloggers" come from a variety of backgrounds and companies. They can be Sage people, Sage Business Partners, Independent Software Vendors, Thought Leaders or Analysts, that have valuable knowledge, expertise and experience on a variety of different subjects and topics.

Matérias relacionadas

20 janeiro, 2017 por Guest Blogger

Sped Fiscal: como prevenir erros antes de enviar os dados ao fisco

Com a solução IOB Auditor Eletrônico Sped vinculada ao Sage X3, evitam-se equívocos que podem gerar multas e punições A Receita Federal espera incluir nos créditos tributários (impostos não pagos, multas e juros) R$ 125,6 bilhões em 2016. Apesar dos …

24 novembro, 2017 por Guest Blogger

Quais são os alvos preferenciais dos ramsomwares?

Instituições de ensino, órgãos governamentais, planos de saúde, varejo e finanças: essas áreas precisam tomar mais cuidado com os criminosos virtuais O termo ramsomware se difundiu na sociedade após a ocorrência do Wanna Cry, que se espalhou no meio deste …

21 junho, 2017 por Guest Blogger

Quais são as habilidades esperadas pelas empresas

Será que a universidade está formando profissionais com as capacidades esperadas pelo mercado? Ou muitos desses aspectos dependem do desenvolvimento pessoal? O mundo dos negócios está em constante transformação e a universidade, por vezes, não consegue acompanhar essa evolução. Por …

Product Tour Virtual

Preencha a informação e veja como personalizar o Sage X3 para trabalhar do seu jeito.

Não saia ainda.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique informado.