Voltar à Home do Blog

TI pode contribuir para uma atuação mais estratégica das indústrias

Boas práticas em Tecnologia da Informação resultam em redução de custos, maior eficiência e ainda facilitam a inovação

A evolução das tecnologias usadas pela indústria e o surgimento de novas práticas, como a Internet das Coisas, estão modificando a forma como as indústrias se organizam em todo o mundo. Essa adaptação é fundamental para que as fábricas sejam capazes de alinhar a tecnologia da informação às estratégias de negócio, reduzindo custos e otimizando sua força de trabalho e de produção.

Uma pesquisa desenvolvida pela FGV mostra que o TI apresenta um ótimo nível de retorno para as empresas: para cada 1% a mais de recursos investidos em Tecnologia da Informação, o lucro empresarial aumenta 7% após dois anos. O estudo identificou um salto no aporte brasileiro em TI: de 5% do faturamento líquido empresarial para 7,6% em 2015. No entanto, as indústrias podem investir mais, pois aparecem abaixo do setor de serviços nos recursos aplicados à área.

Reduzir custos é um dos objetivos da sua empresa? Conheça o Sage X3 e descubra como ele pode auxiliar nesse propósito.

Governança em TI

Alinhar a estratégia de TI ao objetivo dos negócios é um verdadeiro desafio. Quando se consegue atingir esse nível de excelência, a empresa passa a ter alguns benefícios:

– Sucesso nos propósitos comerciais e estratégicos por meio do TI

– Fazer com que as informações e os relatórios apoiem a tomada de decisões

– Incrementar os serviços da empresa por meio da aplicação eficiente da tecnologia

– Otimização de custos

Otimização de custos com TI

Um dos principais desafios das indústrias brasileiras é aumentar a sua produtividade: ou seja, fazer mais por menos e ainda trazer inovação para um mercado cada vez mais competitivo. Nesse contexto, o investimento em ferramentas, como os softwares de gestão, pode se reverter favoravelmente.

Com a melhoria e a sistematização dos processos, os gestores ganham visão holística e mais estratégica do negócio. A tecnologia, tanto aplicada a hardware ou software, permite a este segmento produzir mais e inovar de forma natural, fazendo com que a manufatura se mantenha fiel a sua estratégia, seguindo o planejamento estratégico da companhia.

Ajuste na capacidade de produção

Com as ferramentas e relatórios adequados a avaliar a empresa, a manufatura se torna capaz de ajustar sua capacidade de produção às demandas do mercado, melhorando o controle do inventário e mantendo os custos mais baixos. Nesse contexto, os colaboradores passam a acompanhar o processo produtivo, identificando gargalos e dificuldades existentes em comparação com o planejamento desenvolvido.

Desperdício – de matéria-prima, de insumos ou mesmo de produtos em estoque – e máquinas paradas se apresentam como um custo para as indústrias. Perceber esses erros após o processo produtivo resulta em mais gastos, por isso a tecnologia pode ser capaz de identificar e solucionar esses aspectos, aliando o planejamento empresarial ao uso da tecnologia da informação.

Recentemente, o blog apresentou o case da Gispol e da Avon Rubber, mostrando como o uso dos sistemas de gestão contribuiu para a melhora da gestão e da performance das indústrias.

Guest Blogger

Our "Guest Bloggers" come from a variety of backgrounds and companies. They can be Sage people, Sage Business Partners, Independent Software Vendors, Thought Leaders or Analysts, that have valuable knowledge, expertise and experience on a variety of different subjects and topics.

Matérias relacionadas

1 agosto, 2016 por Guest Blogger

KPI’s: como esses indicadores podem facilitar a gestão da sua empresa

Aprenda a criar bons KPIs e entenda como eles podem ser usados para medir capacidade, lucro, produtividade, rentabilidade e competitividade Os indicadores de desempenho, também conhecidos por KPIs, são métricas estabelecidas em cada empresa para quantificar a sua performance, seguindo …

25 julho, 2016 por Guest Blogger

A importância do pós-venda na era das redes sociais

Qual tarefa é mais complexa: convencer o cliente a comprar pela primeira vez ou fidelizá-lo? Uma solução integrada com CRM pode ser determinante para reter consumidores O que é mais difícil: convencer um consumidor a comprar no seu negócio ou …

29 novembro, 2017 por Guest Blogger

Internacionalização de empresas brasileiras cresce em 2016

Índice saltou de 23,2% para 27,3%, entre 2014 e 2016, incentivado pelas dificuldades do mercado interno do país, que passou por um período de crise As empresas brasileiras enxergam as possibilidades no mercado internacional como otimistas, especialmente após o arrefecimento …

Product Tour Virtual

Preencha a informação e veja como personalizar o Sage X3 para trabalhar do seu jeito.

Não saia ainda.

Inscreva-se na nossa newsletter e fique informado.